Eventos

Visão Turim

09 junho 2021

O preço do #dólar foi um dos temas abordados no #VisãoTurim de maio, realizado nesta quarta-feira. Ao longo da conversa, nosso time falou sobre os principais fatores domésticos e internacionais que explicam a valorização do real: nos últimos dois meses, a moeda brasileira foi a que mais subiu entre os países emergentes, com alta de cerca de 12% no período.

“O principal motivo é a melhora dos fundamentos do país”, explicou Leonardo Martins Moraes, sócio e CIO da Turim MFO. “Mas não só. Com os juros baixos, era muito intuitivo aos investidores realizarem hedge de câmbio. Agora, com a perspectiva de ainda mais altas da Selic, esse movimento diminui e temos um desmonte dessas posições, o que acaba gerando um fluxo relevante de vendas de dólares”.

Além disso, Leonardo destacou ainda que, após a fuga de capitais no início do ano, voltamos a ter um retorno de fluxo estrangeiro positivo. Somados, todos esses fatores aumentam a pressão para a venda do dólar e fortalecem o real.

Voltar